Newsletter

Conheça as novidades da Raríssimas em primeira mão!
Fique a conhecer as nossas novidades raras e saiba como poderá contribuir para o sucesso dos nossos projetos.

Ação
Recomenda a um amigo

Ajude-nos a chamar a atenção para esta causa!

Nutrição Funcional

O QUE É e para que serve?

 

Uma alimentação saudável é fundamental para que todas as crianças tenham um crescimento e desenvolvimento adequado, mas no caso das crianças com perturbações de desenvolvimento e/ou comportamento, a alimentação pode ganhar ainda mais importância, e dependendo do caso, pode ainda ter um importante efeito terapêutico - é nisto que se baseia a Nutrição Funcional.

 

 
   
   

A Nutrição funcional:

 

 
  • Reconhece a individualidade bioquímica de cada indivíduo;
  • Cria um plano nutricional centrado no paciente, criando as condições ótimas para uma efetiva atitude de colaboração da pessoa no seu plano alimentar;
  • Pensa a nutrição como interveniente na criação de um equilíbrio orgânico dinâmico;
  • Compreende o papel da nutrição na rede complexa de interconexões que é formado pelos vários sistemas e funções orgânicas;
  • Promove a reserva orgânica com recurso, quando necessário, a suplementação de nutrientes essenciais.

 

A nutrição funcional aplicada às perturbações do desenvolvimento

 

Algumas crianças com necessidades educativas especiais apresentam particularidades metabólicas únicas, o que pode implicar necessidades nutricionais igualmente únicas. Além disso verificam-se normalmente dificuldades de digestão, absorção e/ou metabolização de diferentes nutrientes ou compostos alimentares, introduzindo diferentes deficiências nutricionais que podem comprometer o correto funcionamento do organismo.

A implementação de cuidados alimentares específicos vai atenuar estas deficiências e otimizar o resultado de diferentes abordagens terapêuticas e comportamentais.

 

No caso das diferentes perturbações do desenvolvimento e Síndromes genéticos a nutrição funcional procura:

 

- Entender as alterações presentes ou condicionadas pelos genes envolvidos, tentando otimizar o funcionamento do restante organismo;

 

- Fornecer os nutrientes necessários para um adequado desenvolvimento;

 

- Contornar alguns dos desafios condicionados pela patologia ao nível do funcionamento intestinal, sistema imunitário, capacidade de atenção, comportamento ou mesmo o sono. 

 

 

Utilizadores online: 50

Total de visitas: 495444

2017 © Raríssimas - Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras