Newsletter

Conheça as novidades da Raríssimas em primeira mão!
Fique a conhecer as nossas novidades raras e saiba como poderá contribuir para o sucesso dos nossos projetos.

Ação
Recomenda a um amigo

Ajude-nos a chamar a atenção para esta causa!

o que É?

 

Aplicação de Ozono (O3) no organismo humano utilizando técnicas especiais, com fins terapêuticos. O ozono é facilmente assimilado pelo corpo humano, em que a molécula extra de oxigénio se separa, deixando apenas o oxigénio (O2). Esta separação permite elevados processos de oxigenação e de oxidação, que se revelam eficazes no tratamento de uma alargada variedade de patologias.

 

fundamentos

 

As indicações terapêuticas estão fundamentadas pela evidência de que baixas concentrações de ozono podem desempenhar funções importantes no interior da célula. A nível molecular também se têm observado diferentes mecanismos de ação que suportam as evidências clínicas desta terapia.

 

Indicações terapêuticas

 

Alterações neurológicas;

Doenças oncológicas;

Défice de atenção;

Oftalmologia;

Traumatologia;

Hérnias discais;

Urologia;

Doenças do sistema digestivo;

Dermatologia;

Outros.

 

efeitos benéficos para o organismo

 

Oxidante: aumenta a capacidade do sangue para absorver e transportar maior quantidade de oxigénio melhorando as funções circulatórias e celulares em geral;

Revitalizante: demonstrou-se a sua capacidade de promover a recuperação funcional de numerosos pacientes afetados por patologias degenerativas;

Antioxidante: é o único meio conhecido, atualmente, capaz de estimular todas as enzimas celulares antioxidantes encarregues pela eliminação de radicais livres;

Imuno-Modulador: é capaz de estimular o sistema imunológico em pacientes com imunossupressão ou doentes auto-imunes;

Regenerador: promove a regeneração dos tecidos;

Analgésico e anti-inflamatório: a aplicação local do gás de ozono neutraliza os mediadores de sensação dolorosa;

Germicida: inativa e elimina o tipo de micro-organismos patogénicos, tais como, bactérias, fungos e vírus.

 

 

 

 

Utilizadores online: 44

Total de visitas: 495444

2017 © Raríssimas - Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras